My favorite things

Loading...

sexta-feira, maio 2

Tu não



Porque os outros se mascaram mas tu não
Porque os outros usam a virtude
Para comprar o que não tem perdão
Porque os outros têm medo mas tu não

Porque os outros são os túmulos caiados
Onde germina calada a podridão.
Porque os outros se calam mas tu não.

Porque os outros se compram e se vendem
E os seus gestos dão sempre dividendo.
Porque os outros são hábeis mas tu não.

Porque os outros vão à sombra dos abrigos
E tu vais de mãos dadas com os perigos.
Porque os outros calculam mas tu não.


TU NÂO

Intérprete: Francisco Fanhais; Adriano Correia de Oliveira
Música: Francisco Fanhais(Padre)
Letra: Sophia de Mello Breyner

2 comentários:

gonçalo disse...

Porque os outros se mascaram, mas tu não!

Porque os outros ficam nos abrigos e tu não.

Mena, o poema foi escrito para ti.

Parabéns pelo Maio que é o teu.

Maria Filomena Barata disse...

Obrigada. Só hoje vi o teu comentário.
Tentarei sim que o maio seja meu.

Lily Allen

Loading...

Que as ragas tragam ao dia o que a noite lhe roubou

Loading...
Loading...
Loading...

Bom Domingo

Loading...

oiça a Buika ... oiça bem

Loading...

e oiça também a Lila Downs

Loading...

i want you, but i don´t need you ...

Loading...