My favorite things

Loading...

terça-feira, setembro 2

A Ferreirinha - Vidas Lusófonas falam do Douro


«1756: O Marquês de Pombal ameaça os agricultores do Douro que não cuidam das suas terras.1811: Antónia Adelaide Ferreira (a Ferreirinha) nasce no Concelho de Gondim (Douro). 1828-1834: Em Portugal, guerra civil entre Absolutistas e Liberais. 1834: Casamento de Antónia Adelaide com o seu primo António (filho do seu tio com o mesmo nome). 1865: A filoxera surge em Portugal e ataca a vinha duriense. 1867: Morte de António Bernardo, marido de Antónia Adelaide; a Ferreirinha combate a praga da filoxera. 1880: Falece José da Silva Torres, o segundo marido de Antónia Adelaide. 1896: Morte de Antónia Adelaide».

Informação obtida e citada de : Vidas Lusófonas http://www.vidaslusofonas.pt

Chamo a atenção para o notável e sistemático trabalho que as Vidas Lusófonas têm feito no sentido de divulgar a história de individualidades da história nacional.

Um comentário:

bettips disse...

Toda a história do Douro é deslumbrante e caprichosa como a sua paisagem.
Por acaso, ando por lá perto, nos meus lugares ao sabor do nada-eu, no Tua e donde vieram os meus avós. Desencantando fotos e pensares/pesares.
B

Lily Allen

Loading...

Que as ragas tragam ao dia o que a noite lhe roubou

Loading...
Loading...
Loading...

Bom Domingo

Loading...

oiça a Buika ... oiça bem

Loading...

e oiça também a Lila Downs

Loading...

i want you, but i don´t need you ...

Loading...