My favorite things

Loading...

quinta-feira, outubro 30

A azinheira e o sobreiro.






















Ao Alento, ao Alentejo

Abraçaram-se um dia. Nunca mais se separaram.

A bolota, alimento fértil, engorda os porcos. A do Alentejo é considerada tão boa que de Espanha vêm cada vez mais "pata negra" engordar-se com tal pitéu.
A cortiça climatiza casas, e serve para a construção, como vi em casas da Serra do Cercal totalmente edificadas dessa matéria-prima, enrolha os melhores vinhos do mundo ... e ainda enriquece os grandes proprietários do Alentejo.

A azinheira ensombra, em dias quentes, criando "campo" para as refeições dos trabalhadores, para os "piqueniques" e para as refeições da Pascoela, quando as famílias assentam dias a comer os restos do borrego e cilarcas assadas na brasa.

Em Portugal, Vieira Natividade foi o grande estudioso de tais tratados da natureza.
Por sua vez, a mulher, Irene Natividade, heroicizou-os em sublimes tapeçarias, algumas das quais ainda se encontram expostas no Museu da Nazaré.
Alcobaça, por sua vez, homenageou-os aos dois.

Nunca me hei-de esquecer dos exemplares à entrada da Gruta do Escoural, lugar de segredos e de espera para os visitantes que aguardam a visita às gravuras pré-históricas.

Nem destas azinheiras que ficam atrás do que já foi o meu quintal.

Nenhum comentário:

Lily Allen

Loading...

Que as ragas tragam ao dia o que a noite lhe roubou

Loading...
Loading...
Loading...

Bom Domingo

Loading...

oiça a Buika ... oiça bem

Loading...

e oiça também a Lila Downs

Loading...

i want you, but i don´t need you ...

Loading...