My favorite things

Loading...

sábado, abril 26

Verdadeira Litania para os Tempos da Revolução, Natália Correia



Burgueses somos nós todos
ó literatos
burgueses somos nós todos
ratos e gatos


Mário Cesariny


«Mário nós não somos todos burgueses
os ratos e os gatos se quiseres,
os literatos esses são franceses
e todos soletramos malmequeres.

Da vida o verbo intransitivo
não é burguês é ruim;
e eu que nas nuvens vivo
nuvens! o que direi de mim?

Burguês é esse menino extraordinário
que nasce todos os anos em Belém
e a poesia se não diz isto Mário
é burguesa também.

Burguês é o carro funerário.
os mortos são naturalmente comunistas.
Nós não somos burgueses Mário
o que nós somos todos é sebastianistas»

Natália Correia, Antologia Poética

Obrigada a ti Natália Correia, mulher de coragem e da palavra, como ninguém.

Nenhum comentário:

Lily Allen

Loading...

Que as ragas tragam ao dia o que a noite lhe roubou

Loading...
Loading...
Loading...

Bom Domingo

Loading...

oiça a Buika ... oiça bem

Loading...

e oiça também a Lila Downs

Loading...

i want you, but i don´t need you ...

Loading...