My favorite things

Loading...

domingo, maio 31

Maio, Maio meu



Finda-se o Maio

mas para ele fica ainda o abraço, o poema e o ramo de flores que guardei para vós.
«Não acabarão nunca as minhas flores, não acabarão os meus cantos.
Eu, cantor, levanto-os,
e eles espalham-se,
são flores que murcham e amarecelem
e são levadas para longe, para a dourada mansão das plumas.
Já amadurecem as flores: troquem-se por roupagens e jóias,
ó princípes: mostram o rosto luminoso, irradiam;
só na primavera colho a flor amarela.
Já amadureceram as flores nas faldas da montanha!».
Versão de Helberto Helder
Aztecas, América
in a Rosa do Mundo, Assírio & Alvim

Nenhum comentário:

Lily Allen

Loading...

Que as ragas tragam ao dia o que a noite lhe roubou

Loading...
Loading...
Loading...

Bom Domingo

Loading...

oiça a Buika ... oiça bem

Loading...

e oiça também a Lila Downs

Loading...

i want you, but i don´t need you ...

Loading...