My favorite things

Loading...

terça-feira, maio 26

Poesia Inglesa, Fernando Pessoa





















Nasceu cego o pensar sabendo o que é ver.
Contornos e formas, por tacto sentindo,
A forma sugere como algo do ser
Na treva errante o tacto vestindo.

Mas como o tacto, adivinhando, ensina
Que ele é só senso vazio e detido?
Como é que o tacto à mente confina
Inteligência no vero sentido?

A coisa omitida, uma vez tocada
Na memória está, sabida e real;
Assim a lembrança do toque ajustada

Ao senso sentido, onde a coisa dista
dada pelo tacto, falso-certa e tal
Que o tacto mensal não vê, mas a Vista.

Fernando Pessoa in Assírio e Alvim

Nenhum comentário:

Lily Allen

Loading...

Que as ragas tragam ao dia o que a noite lhe roubou

Loading...
Loading...
Loading...

Bom Domingo

Loading...

oiça a Buika ... oiça bem

Loading...

e oiça também a Lila Downs

Loading...

i want you, but i don´t need you ...

Loading...