My favorite things

Loading...

quinta-feira, julho 10

Poesia, Alberto Caeiro


Medo da morte?
Acordarei de outra maneira,
Talvez corpo, talvez continuidade, talvez renovado.
Mas acordarei.
Se até os átomos não dormem, por que hei-de ser eu só a
dormir?
A.C.
in Diário 2008
, Assírio & Alvim

Um comentário:

Ultraperiférico disse...

Olá Mena
Entendi que voltará a Évora. Mas já viu a Antologia Experimental?
R.

Lily Allen

Loading...

Que as ragas tragam ao dia o que a noite lhe roubou

Loading...
Loading...
Loading...

Bom Domingo

Loading...

oiça a Buika ... oiça bem

Loading...

e oiça também a Lila Downs

Loading...

i want you, but i don´t need you ...

Loading...