My favorite things

Loading...

sexta-feira, fevereiro 20

o Carnaval (reed.)



Existindo já referências medievais ao termo, foi o Renascimento italiano que consignou ao carnaval a concepção que hoje conhecemos, e que o Cristianismo integrou nas suas festividades.
Tido como escape, dias onde se permitia tudo o que no resto do ano não era consentido, ou seja "no Carnaval nada se leva a mal", tornou-se uma caricatura da vida, ou apenas uma empolgação do que mais obsceno há nela: a mentira e a máscara tidas como arma de sobrevivência!

Que tal aproveitar estes dias livres para fazer o exercício contrário: despir a máscara, mesmo que à mostra fique apenas a carne viva e dorida?

Vou tentar, uma vez mais, o exercício de depor todas as máscaras, procurando que o dia seja de silêncio e de reflexão.

E vou, mesmo com a humidade do ar, ver o meu bairro de bicicleta com o vento frio no rosto, levando como companheira a filha que quis ter.

Nenhum comentário:

Lily Allen

Loading...

Que as ragas tragam ao dia o que a noite lhe roubou

Loading...
Loading...
Loading...

Bom Domingo

Loading...

oiça a Buika ... oiça bem

Loading...

e oiça também a Lila Downs

Loading...

i want you, but i don´t need you ...

Loading...