My favorite things

Loading...

segunda-feira, novembro 3

Pensamentos soltos ...

“Caí em meu patético período de desligamento. Muitas vezes, diante de seres humanos bons e maus igualmente, meus sentidos simplesmente se desligam, se cansam, eu desisto. Sou educado. Balanço a cabeça. Finjo entender, porque não quero magoar ninguém. Este é o único ponto fraco que tem me levado à maioria das encrencas. Tentando ser bom com os outros, muitas vezes tenho a alma reduzida a uma espécie de pasta espiritual. Deixa pra lá. Meu cérebro se tranca. Eu escuto. Eu respondo. E eles são broncos demais para perceber que não estou mais ali”.
Charles Bukowski (1920-1994)






Hoje, andando o vendaval quase à solta, venho aqui agradecer publicamente a grandeza com que a vida me brindou, até com “copinhos de espumante” de início do ano, aproveitando para dar a conhecer um texto de dia de temporal:


« a todas as mensagens sem nome
a todas que têm nome, nem que seja disfarçado
as que me lembraram as tristes roque que não dançam rock
e as que jogam com azedas às escondidas

a todas as raivas e amores sem norte nem rumo
a todos os desamores e desassossegos
a todas as mentiras, traições e ameaças
agradeço terem-me feito sentir ainda mais eu

a todas as viagens pagas para que outros tivessem mesada certa
a todas as mentiras, ilusões ou desilusões
estou profunda e sinceramente grata
pois vi melhor que a vida é mais surpreendente que qualquer romance

Quero agradecer os insultos e a violência
Os desaforos de alguns, feitos heróis nacionais
Cumprimento a grosseria, os mentirosos ou manipuladores
pois fizeram-me dar redobrado valor à educação e lealdade de tantos mais

Sou grata à vida, pois sei que a quem se entrega à ingrata brutalidade dos vendavais
ficará sempre e simplesmente entregue a si só!»
F.B.

Nenhum comentário:

Lily Allen

Loading...

Que as ragas tragam ao dia o que a noite lhe roubou

Loading...
Loading...
Loading...

Bom Domingo

Loading...

oiça a Buika ... oiça bem

Loading...

e oiça também a Lila Downs

Loading...

i want you, but i don´t need you ...

Loading...