My favorite things

Loading...

sexta-feira, outubro 2

A Lume, Luiza Neto Jorge


Perdida a face largada a pele
oco o osso curva a espinha
apela-se à grande concentração

São as primeiras letras
um vagido um balbucio de amor
não esperar mais escrevê-lo já
telefoná-lo
(a quanto o impulso)?

Luiza Neto Jorge, A Lume, Poemário 2009

Nenhum comentário:

Lily Allen

Loading...

Que as ragas tragam ao dia o que a noite lhe roubou

Loading...
Loading...
Loading...

Bom Domingo

Loading...

oiça a Buika ... oiça bem

Loading...

e oiça também a Lila Downs

Loading...

i want you, but i don´t need you ...

Loading...