My favorite things

Loading...

domingo, novembro 15

O Eterno existe?





Mesmo que me digam que não,
sei que o eterno existe!
na vastidão de estrelas que observo da janela
na chuva que hoje cai com gotas grossas, galgando as ruas,
tanto ou mais do que as lágrimas que, por vezes, me escorrem no rosto

se me disserem que o Eterno não existe
saberei encontrá-lo nas palavras que vou gravar
letra a letra desenhando um conto novo, sem tempo

Se teimarem em dizer-me, tentando rasgar a crença
e se, de novo, me tentarem,
perguntando se quero vender a alma ao demo
denunciando, para isso, à crença
apenas direi:
nem aos melhores desenhadores de palavras
os céus permitiram que, um só dia, se recusassem a crer.

Quanto mais a um simples mortal que, para sobreviver,
se tem que reflectir num espelho de vontade e de convicção?

Saberei sorrir e dizer serenamente:
não consigo convencer ninguém
do que não sabem imaginar
e continuarei sem rumo,
no encalço das múltiplas evidências, pois ele está em qualquer lugar

Um comentário:

Gonçalo Ataíde disse...

O Eterno existirá sempre que alguém como tu nos deixar um pedaço de si.

Continuo a gostar de aqui voltar e ver este belíssimo blogue.

Lily Allen

Loading...

Que as ragas tragam ao dia o que a noite lhe roubou

Loading...
Loading...
Loading...

Bom Domingo

Loading...

oiça a Buika ... oiça bem

Loading...

e oiça também a Lila Downs

Loading...

i want you, but i don´t need you ...

Loading...