My favorite things

Loading...

sexta-feira, abril 17

PORTO AMBOIM, ESTE SONHADO PORTO DO ATLÂNTICO

   ANO 3                                 EDIÇÃO 33 - ABRIL 2015                                                                                                                                                               INÍCIO                   CONTACTOS                  
Filomena Barata

PORTO AMBOIM, ESTE SONHADO PORTO DO ATLÂNTICO

À memória do meu avô, Raúl Marques Barata e de toda a minha família

Como vos gostaria de falar de uma cidade que conheci menina, um Porto que outrora foi dos  importantes de Angola.

Deve o seu nome exactamente ao facto de ter sido o local de escoamento dos produtos que se davam para os lados do Amboim, cuja sede de município é a Gabela, região onde o café fixava gentes e perfumava as carruagens que daí partiam até o seu porto de mar.

 Era, e ainda o é, muito verdejante e fértil a região, bem como estrada que continua a ligar a Gabela ao actual Porto Amboim, serpenteando a Serra. É das belas vias de comunicação que conheço. Mas já náo se ouve na actualidade o som dos motores a vapor que faziam funcionar o comboio cuja linha o tempo desactivou.

Isto para não referir a paragem obrigatória das fantásticas Cachoeiras do Binga e toda a envolvente do rio Keve,  uma paisagem de esmagadora e comovedora beleza de características únicas, onde no ar fica sempre um apelo a ficar. 

Recordo ainda em Porto Amboim a Alfândega em franco funcionamento, hoje mais recatada nas suas funções, onde vi, pela primeira vez, produtos que me eram estranhos, como maços de tabaco estrangeiros e garrafas de Whisky de modelos especiais, braço dado ao meu avô que os navios me levava a visitar. Dos registos de 1930 se pode inferir o movimento desta localidade marítima, pois os mesmos indicam que o porto recebeu 98 vapores, 30 veleiros e manipulou 548.231 toneladas de carga, na sua maioria café.


Nos dias actuais, a grande vida portuária de meados do século passado e décadas subsequentes deu lugar à fixação de empresas para produção de equipamentos ligados à actividade petrolífera que contribuem, a par dos recursos piscatórios e agrícolas, para a fixação da população.

Nenhum comentário:

Lily Allen

Loading...

Que as ragas tragam ao dia o que a noite lhe roubou

Loading...
Loading...
Loading...

Bom Domingo

Loading...

oiça a Buika ... oiça bem

Loading...

e oiça também a Lila Downs

Loading...

i want you, but i don´t need you ...

Loading...