My favorite things

Loading...

terça-feira, março 18

Regresso a casa (1)



Há pontes que, quando, atravessadas nunca mais se retorna ao ponto de origem!
Há rios, como o Lima - o rio do limiar -, que,se ultrapassados, conduzem ao esquecimento...
Não haveria de haver pânico entre os Romanos de cruzar alguns! (Curiosamente a historiografia latina nunca se reporta ao Tejo).
Há pontes que alcançam a outra margem.
E outras que, pujantes, são a obra do Homem sobre a impetuosidade da Natureza: são a vitória da Razão sobre a Emoção! O arco aberto e flecha plena, abrindo-se ao céu, sobre a água a correr...

Ainda não sei bem qual delas atravessei: foi uma ponte, disso estou certa, uma travessia, sem retorno também!

2 comentários:

adriano disse...

Todos os nossos actos são irrepetíveis. Executamos iguais, mas não os mesmos. E a travessia da ponte da razão sobre a emoção, efectuada em momento oportuno, ser-te-á benéfica.
Não será a ponte do esquecimento, mas terá nos seus suportes um grande "apagão".
À tua felicidade, filomena, à tua.
adriano

mena disse...

Obrigada Adriano. Sim, estou a recomeçar a tudo reaprender.

Lily Allen

Loading...

Que as ragas tragam ao dia o que a noite lhe roubou

Loading...
Loading...
Loading...

Bom Domingo

Loading...

oiça a Buika ... oiça bem

Loading...

e oiça também a Lila Downs

Loading...

i want you, but i don´t need you ...

Loading...